24.7.15

Gostava de voltar a ter um Presidente




 da República como Jorge Sampaio.
A maioria dos portugueses não sabe, ou já se esqueceu o que deve a Jorge Sampaio. Devemos-lhe nunca ter tido actos de terrorismo em território nacional e este facto ‘per si’ já valia os dez anos da sua presidência, mas também a dissolução da Assembleia da República.

É só relembrar os atentados em Espanha e Inglaterra, logo que entraram na vergonhosa guerra do Iraque. Portugal não mandou um único militar, por Jorge Sampaio ter feito frente a Durão Barroso tendo proibido, como Comandante-chefe das Forças Armadas, a ida de qualquer soldado. Foi a GNR, já no pós guerra a 12 de Novembro de 2003, mas isso já era exclusivamente da competência de Durão Barroso, também não foram guerrear, embora tivessem ocupado o Iraque

A dissolução do Parlamento foi, é ainda, controversa. Talvez o devesse ter feito mais cedo, talvez não devesse ter deixado Pedro Santana Lopes governar, talvez.
Falta saber se Ferro Rodrigues teria ganho as eleições a Pedro Santana Lopes e se isso tivesse acontecido não teríamos tido Sócrates, pelo menos naquele tempo. Mas falta saber.
Para mim, foi o melhor Presidente da República.

4 comments:

Observador said...

Jorge Sampaio, como Ramalho Eanes noutro registo, foram os melhores presidentes.

inconfessável said...

De acordo, caro Observador

Maria Alfacinha said...

Olha... eu também!

inconfessável said...

...mas às tantas vamos ter o Marcelo Rebelo de Sousa